Tecnologias que aumentam a durabilidade do pavimento asfáltico, em geral, não são empregadas no país elevando o custo de reparo das vias

Elevação da vida útil do pavimento

Uma questão que muitos brasileiros perguntam é por que o pavimento asfáltico no Brasil é tão ruim? O uso de materiais inadequados e manutenção tardia são alguns dos fatores responsáveis por essa má qualidade resultando em desconforto e comprometendo a segurança do usuário.

A solução para a melhoria da vida útil do pavimento pode estar na aplicação dos ligantes asfálticos de alto desempenho, que são produzidos no Brasil, com o mesmo nível de qualidade que aqueles ofertados em qualquer parte do mundo. “O problema é que em geral não são aplicados”, informa Osvaldo Tuchumantel Junior, diretor de Marketing Técnico da Betunel, empresa que que está promovendo o Workshop do Asfalto, no dia 27 de agosto, durante a Paving Expo & Conference South America.

Segundo Tuchumantel Junior, três fatores principais impactam a qualidade do pavimento asfáltico: clima, carga e vida útil do pavimento. “Infelizmente, a opção do contratante ainda é pelo menor custo e não pela relação custo-benefício”, lamenta. “O ligante adequado prolonga a vida de um pavimento empregando soluções sustentáveis que melhoram acentuadamente a relação custo-benefício”, destaca.

E esse cuidado vale a pena. Segundo ele, nos EUA e Europa são reciclados 100 milhões e 50 milhões e toneladas do material anualmente. “Essa é a tendência mundial com objetivo de reduzir a extração de materiais não renováveis e reduzir consumo de energia. Há soluções que poderiam ampliar a extensão da malha viária empregando-se os mesmos recursos”, explica.

A programação do Workshop do Asfalto contará com três palestras: Caracterização e seleção de ligantes e misturas asfálticas sob a ótica do desempenho, ministrada pelo professor Luciano Pivoto Specht; Uso de fresado com agente rejuvenescedor em rodovias com elevado tráfego, proferida pelo professor Wilson Unger Filho; e Strata como membrana asfáltica Anti-Fratura, resistente à propagação de trincas, apresentada pelo professor Guilhermo Montestruque. “Vamos mostrar cases de sucesso com uso de material reciclado, que é a realidade mundial em nível de sustentabilidade, como outros cases que retardam intervenções de manutenção no pavimento”, complementa Tuchumantel Junior.

A participação na Paving Expo & Conference é considerada  para a Betunel uma oportunidade de intercâmbio técnico, comercial e econômico. “É preciso levar em consideração o impacto social quando se fala de vias públicas, pois trazem um grande impacto na vida dos usuários e o tempo de obstrução de uma via, é um aspecto levado com muita seriedade na Europa, o que infelizmente não ocorre no Brasil”, finaliza Tuchumantel Junior.

A Paving Conference contará ainda com mais seminários, workshops, debates e atividades especiais, a serem promovidos em quatro auditórios, em dois períodos – manhã e tarde. A Paving Expo será promovida entre os dias 27 e 29 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo. Por ser um evento inovador, haverá também uma exposição com a participação das principais empresas do setor de infraestrutura viária e rodoviária e atrações especiais como Parque de Equipamentos, o Museu de Máquinas, a Paving Live, a Ilha das Startups da Construção e o Banco de Talentos.

Para visitar a Paving Expo & Conference – credenciamento gratuito em http://www.pavingexpo.com.br/credenciamento/
Workshop do Asfalto, no dia 27 de agosto – https://www.pavingexpo.com.br/2019/05/23/workshop-do-asfalto/

Serviço:
Paving Expo & Conference South America
Data: 27 a 29 de agosto de 2019
Local: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo – SP
Horário Exposição: 13h00 às 20h00
Horário Conferência: 10h00 às 18h00
(11) 2501-2688
https://www.pavingexpo.com.br/