A arquiteta Eduarda Correa mostra como são os projetos eternos, que sempre se mantêm atuais

Décor de Eduarda Correa para vencer o tempo

Decorar tem sido uma tarefa cada vez mais desafiadora. Ainda mais quando as novidades surgem num piscar de olhos, fazendo com que a tendência do momento caia em desuso rapidamente.

Você já se perguntou como estará sua casa daqui a 20, 30 anos? Vivemos em um mundo cada vez mais dinâmico e as tendências mudam no mesmo ritmo. E com a arquitetura não é diferente.

Materiais novos surgem a todo momento, tecnologias que evoluem na velocidade da luz, técnicas de construções cada vez mais inovadoras, modas que vão e vêm num piscar de olhos, enfim, todo dia tem uma novidade, ficando complicado acompanhar tudo e deixar seu lar sempre atual.

Segundo a arquiteta Eduarda Correa, proprietária do escritório Eduarda Correa Arquitetos Associados, é possível fazer com que a decoração de um imóvel permaneça contemporânea por muitos anos, é o chamado Estilo Atemporal.

“Pensar e criar um projeto durável, não tendo a necessidade de atualizá-lo de tempos em tempos, além de economia e praticidade, torna-o sustentável, ao evitar a produção de materiais descartados no meio ambiente”, explica a arquiteta.

Segundo ela, para manter a atemporalidade, é preciso escolher bem os detalhes, combinar objetos, fazer uso estratégico de obras de arte, dentre outros fatores que ajudarão a criar uma composição duradoura e moderna.

“Compor esses espaços com auxílio de um profissional é necessário, ao permitir seguir essas práticas de maneira bem particular, mantendo a casa com o estilo do morador”, declara.

Para garantir uma estética que não se perde no tempo, conforme a arquiteta, deve-se apostar em espaços sem excessos, mas aconchegantes. “O exagero de detalhes, objetos e móveis deixam os ambientes muito pesados, causando a sensação de desconforto e gerando no morador o desejo de se desfazer facilmente daquela decoração”, conta Eduarda.

Outra dica para que o ambiente nunca perca sua atemporalidade é investir em móveis de design, priorizando linhas retas e mesclando com mobílias antigas que são heranças de família.

“Neste caso, o novo e o antigo se misturam criando uma composição equilibrada que se tornará atual por muitos anos”.

A arquiteta pondera que revestimentos de qualidade garantem a longevidade da residência. “Madeira e pedras perduram por muito tempo, sem ficar presos ao modismo.

Lembrando que, para garantir uma estética atemporal e duradoura, não é preciso mais usarmos materiais retirados diretamente da natureza. Hoje em dia o mercado oferece uma gama enorme de produtos sustentáveis, resistentes e extremamente diferenciados”, assegura Eduarda.

Mas, claro, assim como as pessoas estão em constante mudança, a casa também precisa de alterações. Sendo assim, diferenciando uma morada dita como atemporal de outra comum?

Eduarda responde: “Costumo dizer que, quando a base é boa, ou seja, o uso de materiais é bom e os revestimentos são de qualidade, serão necessárias apenas pequenas intervenções, sem grandes mudanças, sem grandes investimentos. Essa é a diferença!”.

Como última dica, Eduarda ressalta a importância de contratar um arquiteto para fazer o projeto da casa, pois este profissional possui conhecimentos técnicos que ajudarão a pensar os mínimos detalhes para que tudo saia conforme o desejado.

“Essa é a garantia de que o cliente terá uma casa sofisticada e eterna”, conclui.

Contato:
Eduarda Corrêa Arquitetura
(31) 3285-5529 / (31) 994-244-444
http://eduardacorrea.com.br

#EduardaCorrêa