O designer de interiores Iago Patucci observa o mercado da construção passando por uma baixa, projetos com orçamento reduzido e as pessoas de maneira geral estão contendo gastos

Num necessário assim, é usar e abusar da criatividade para não perder em qualidade, estética e no conceito de projetos. Iago Patucci elencou a seguir algumas dicas e alternativas que podem ajudar a manter o projeto de reforma dos sonhos sem investimentos altos readequando ao período atual:

• Adesivos e papeis de parede causam um efeito visual e podem ser uma alternativa para paredes internas que iriam receber algum tipo de revestimento, com isso é possível reduzir mais de 70% o valor sem perder em estética e conforto.

• Outro fator importante, os fornecedores estão mais dispostos e abertos à negociação em relação ao ano passado, então a dica do design de interiores é negociar o preço e conseguir chegar a um valor justo e competitivo para ambas as partes.

• Áreas que iriam receber piso de mármore ou granito podem ser facilmente substituídas por porcelanato, com uma instalação conjunta seca e bem executada, tem-se um bom efeito, além de durabilidade excelente o custo cairá em até 50% dependendo do material escolhido.

• Para as cortinas, uma ideia para redução de valores é trabalhar com persiana rolo e acrescentar chales de tecido nas extremidades. “Com isso existe economia de tecido e a mão de obra do feitio também será reduzida.” Explica Iago Patucci.

• Bancadas em mármore para áreas de banho agregam um valor de investimento considerável na obra, após fazer alguns testes, Iago Patucci conseguiu chegar a uma bancada em porcelanato que atende em qualidade, durabilidade e estética, com um valor bem reduzido em relação a mármores e granitos.

• Para área de closets quando possível é a retirada das portas e usar o “estilo americano” todo aberto a alteração, principalmente se tratando em portas de espelho causa redução no valor final. Outra dica para esta área é reduzir a quantidade de gavetas e acrescentar mais nichos, pois ferragens na marcenaria elevam o custo.

• Nos banheiros geralmente tem-se a ideia de revestir do piso ao teto com azulejos, uma alternativa é fazer meia parede ou alinhar com a porta a altura do azulejo e trabalhar com pintura na parte superior até o forro. Com uma tinta adequada, consegue-se ter uma ótima durabilidade, além de um banheiro diferenciado.

• O cimento queimado pode ser uma grande alternativa para áreas que iriam receber inicialmente o porcelanato ou algum outro tipo de revestimento, o material traz um ar contemporâneo ao espaço além de não ter rejunte.

• Se a opção for o piso de madeira, uma alternativa é o uso de laminados para redução do custo e manutenção.

• Claraboia é uma alternativa em casas, além de economizar energia por trazer luz natural ao ambiente, nesta área não será necessário o uso de forro em gesso e telhado.

• Usar a marcenaria como divisória de ambientes, pode reduzir o custo em relação à construção de uma parede de dry wall, o fundo do armário pode virar um painel em outro ambiente e a economia poderá ser bem considerável.

“Essas são algumas dicas e alternativas para redução de custos em uma obra, usar da criatividade em tempos de instabilidade é um grande diferencial que pode reduzir muito o custo final de uma reforma sem perder em qualidade, conforto e estética.” Completa o creative Iago Patucci.

Serviço:
Iago Patucci Interiores
(11) 97210 8785
iago@iagopatucci.com.br
www.iagopatucci.com.br

Nov/2015

 

HOME