Fruto da mais pura sincronia entre o design e a poesia, a coleção Bailarina mistura delicadeza, estética, funcionalidade e ressignifica as mais doces memórias de seu autor

Bailarina: a poética coleção de móveis e objetos de Leo Romano

O goiano Leo Romano, profissional com uma formação plural que lhe permite passear com liberdade pelos mundos da arquitetura, do design e das artes plásticas. “Ser bailarino é um sonho de criança. Ficava encantado com os movimentos da dança, mas foi no desenho, timidamente, que busquei o meu caminho. Me encontrei em folhas brancas e, hoje, faço dos meus cadernos o melhor lugar do mundo”, revela Leo.

Com mesas de jantar, mesas de centro, mesas laterais, espelhos, bancos e objetos, o conjunto aposta em linhas suaves, com a presença sutil do ritmo da dança e dos movimentos das bailarinas nos desenhos das peças. “Os pés pousam no chão delicadamente, como se fossem os de uma bailarina. Mais do que um objeto ou móvel funcional, tem a valorização da estética, que é muito recorrente no meu trabalho”, comenta Leo. A coleção Bailarina reflete ainda a busca de várias lembranças. Segundo seu criador, o desenho vira um móvel de madeira num processo onde os artesãos esculpem delicadamente uma sequência de pernas finalizadas com pés em ponta. “Cada conjunto se revela em um móvel. Cada unidade revela quem eu sou. Eu disse que queria ser bailarino e essa é a minha vez de dançar”, completa.

Movido por desafios, Leo não traz em seu portfólio apenas a criação de móveis e objetos, pois já assinou uma coleção de louças, de joias e no momento está fazendo também peças de prata para a grife St. James. “Tenho sempre a vontade de inovar, e experimentar faz parte do meu DNA. Qualquer nova experiência, qualquer novo material são absolutamente bem-vindos, principalmente se puderem proporcionar uma leitura poética e sensorial que eu tanto aprecio e busco em meus projetos”, finaliza.

Bailarina, por Vera Santiago

Fico a teus pés e diante da tua beleza me apago
Olhando a tua expressão me desligo
A teus pés danço meu ritmo embalado pelo teu
Me coloco ali comodamente a esperar um encontro do nosso olhar
Diante de ti
Diante de mim
Sigo assim
A teus pés
Ando com teus passos
Piso nos teus calos
Doem os meus
Fico a teus pés
Ali vivo, aqui estou
Diante de tudo Tu
A teus pés me encaixo, me protejo, me projeto, me escondo
Meu mundo restrito aos passos do teu
Vivo teu espaço, me esqueço do meu
Não crio, não tento
Apenas sigo no teu vento
No compasso do teu tempo
A teus pés
Como queiras
Como possas
Passos, laços
Sem abraços
A esperar um encontro do nosso olhar
A imaginar sonhar fantasiar
Me coloco a teus pés
Me coloco em ti por ti e através de ti
Sinto o que sentes
Sinto assim
Diante de ti
Diante de mim

(Vera Santiago, da Agência de Design, é coach de design de Leo Romano)

[Leo Romano / arqbrasil]

Serviço:
Leo Romano
(62) 3086-1965 e 3945-4870
www.leoromano.com.br