Projeto do estúdio musical combina qualidade acústica com ousadia e modernidade

Ter uma edificação projetada e construída especialmente para abrigar um estúdio de música foi o ponto de partida para a concepção deste projeto, que tem como diferencial, justamente, a preocupação com os elementos que garantem a qualidade acústica e veracidade sonora dos instrumentos e vozes ali apresentados. Diferente dos demais imóveis que abrigam esse tipo de empreendimento em Curitiba/PR, este estúdio foi construído do zero, sem adaptações ou reformas, ampliando a credibilidade do negócio.

Desenvolvido pelo escritório Carla Kiss Arquitetura, o estúdio musical de 164 metros quadrados apresenta dois pisos que abrigam as áreas sociais (hall, recepção, banheiros, sala de reuniões e sala de convivência) e os estúdios, principal preocupação da arquiteta no desenvolvimento do projeto. “Foi necessário muito conhecimento técnico para se alcançar os níveis exigidos de ruídos, qualidade sonora e isolamento acústico necessário para o perfeito funcionamento do estúdio. Assim tudo foi muito diferenciado e técnico, desde o processo construtivo até a etapa de detalhamento de interiores”, explica Carla Kiss, a frente do escritório responsável pela obra.

Estúdio

Na parte de revestimentos, as paredes externas foram cobertas por um invólucro metálico, evitando assim interferências vindas de fora durante às gravações. Já as áreas técnicas foram revestidas internamente com painéis acústicos de madeira, que além de conservar o áudio, acabaram criando um efeito visual bastante próprio ao espaço. Os forros também são isolantes, de material alemão, e ainda receberam desenho específico para otimizar a acústica desejada. “Todas as esquadrias do estúdio (janelas e portas) são de PVC, da Weiku, com isolamento e vidros duplos especificados propriamente para esta finalidade”, revela a arquiteta.

Com design contemporâneo atrelado ao perfil dos frequentadores do estúdio, Carla investiu em um mobiliário solto, de linhas mais retas e puras, com metal, onde há o predomínio de cinza, preto, madeira e detalhes das cores primárias, presentes em peças decorativas menores. “O maior desafio desta construção, foi conseguir obter um resultado que unisse toda a qualidade exigida neste nível de projeto junto com a parte estética desejada”, finaliza. A iluminação foi realizada 100% em LED, cuidadosamente verificada para que seus reatores e fontes não interferissem na parte de gravação.

Serviço:
Carla Kiss Arquitetura
CAU A104422-2
www.kissarquitetura.com.br