top

 

 

 

Königsberger Vannucchi Arquitetos Associados

 

Jorge Königsberger
Gianfranco Vannucchi

 

 

 

 

 

Fundado em 1971, o escritório atua no desenvolvimento de projetos urbanos, residenciais, comerciais, hoteleiros, varejistas, institucionais e de uso misto. Responsável pelo projeto de empreendimentos premiados nacional e internacionalmente, o escritório já realizou mais de 1000 projetos, destes 340 já construídos.

 
 
55 (11) 2348-7275 | @ | WEB

 

 

Share

 

 

 

Arquitetura
 Interiores

Uso misto

 

 

 

MEET | São Paulo / SP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O escritório Königsberger Vannucchi assina o projeto do empreendimento MEET, da Incorporadora Fibra Experts, um uso misto com design contemporâneo e acolhedor. O MEET, empreendimento já entregue, teve como partido arquitetônico a criação de uma praça cujo objetivo é se tornar o ponto de encontro para as atividades, sendo este um local de convivência com volumes que acolhem a escala humana, usufruindo de um paisagismo tangível e sinestésico.

O terreno, por estar em uma local de aclive, acolheu a torre residencial pelo bairro e a torre comercial ganhou imponência e visibilidade em relação à sua vizinhança. Para a concepção da fachada foram escolhidos materiais que remetem a cores orgânicas como terra, corten e marrom. Para a torre comercial foram definidos caixilhos piso teto com vidros refletivos, abas e brises para melhorar eficiência energética do empreendimento.

A torre residencial contempla opção de estilos moradias, studios, 1 e 2 dorms e a comercial escritórios de 68 a 130m², alguns com pé-direito duplo e com possibilidades de junção de duas ou mais unidades. A área comercial dispõe de infraestrutura completa para atendimento de empresas engajadas nas tendências atuais de mercado.

Ficha:
Projeto de Arquitetura - Königsberger Vannucchi
Área do Terreno: 3.979 m2
Categoria de Uso: misto (comercial e residencial)
Número de torres: 2
Número de pavimentos: residencial térreo (8 pavimentos) / comercial térreo (6 pavimentos)
Número de unidades por andar: residencial térreo (8 pavimentos) / comercial térreo (6 pavimentos)
Total Unidades: residencial 94 unidades / comercial 46 conjuntos
Projeto Estrutural - Lotfi
Projeto de Paisagismo – Alex Hanazaki
Design interiores - Studiodwg
Projeto de elétrica e hidráulica - Gera
Projeto de climatização – Teknika

Fotografia: Pedro Vannucchi

 

 

 


 

 

 

 
Arquitetura
 Interiores

Institucional

 

SESC Avenida Paulista | São Paulo / SP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O escritório Königsberger Vannucchi é o responsável pelo projeto do novo Sesc Avenida Paulista, que será inaugurado no dia 29/4. A nova unidade se destaca como uma extensão da própria avenida, se estabelecendo como um território livre a ser apropriado pelo grande público. Entre suas características estruturais o conceito se desenvolve nos grandes acessos, nas diversas áreas de convivência – com praças internas e um terraço no topo – e até mesmo na escolha dos materiais, como o uso de vidros não reflexivos. A opção pelo material, que aparece conjugado a placas de zinco na fachada, revela as várias atividades exercidas no interior do edifício. A arquitetura só se faz completa quando ativada pela circulação das pessoas, e para esta relação toda estrutura foi concebida pensando nas ações que serão desenvolvidas na Unidade, pautadas pelo trinômio "Corpo-Arte-Tecnologia".

"A configuração das fachadas leste e oeste, com rasgos horizontais, permite aos usuários um novo olhar sobre a cidade ao mesmo tempo em que rompe com a tipologia típica dos edifícios de escritórios da Avenida Paulista, anunciando um novo uso ao antigo edifício (projetado por Sérgio Pileggi e Euclides de Oliveira nos anos 70), dividido entre Sesc e Fecomércio, e uma nova e democrática frequência de público", afirma Gianfranco Vannucchi, arquiteto responsável pelo projeto.

O acesso à nova unidade, a partir da Av. Paulista, acontece em grande área de convivência com espaço multiuso e um paraciclo com capacidade para 40 bicicletas. No térreo também se encontram duas escadas rolantes, 6 elevadores e duas escadas de incêndio pressurizadas para o acesso aos pavimentos superiores. No 2º Pavimento encontra-se a Central de Relacionamento e área de convivência, bem como a loja Sesc.

Os diversos espaços e serviços – Café Terraço, Comedoria, Biblioteca, Espaço para Crianças, Tecnologia e Artes, Salas para Práticas Esportivas e Espetáculos, Loja e Consultórios Odontológicos – foram distribuídos pelos 17 pavimentos considerando quatro aspectos básicos: a vizinhança entre atividades similares, os níveis de ruído produzido pelas atividades, o volume de público acessando a unidade e as visuais externas.

Reforçando esta integração entre as atividades e os pavimentos de exposição existem vazios nas lajes, totalmente abertos. Foram criadas escadas entre os pavimentos, integrando visualmente e fisicamente as atividades da unidade. Procurou-se também deixar os pavimentos o mais livre possível no sentido de permitir grande flexibilidade nos seus usos.

Além do efeito estético, a grande lâmina de vidro tem a função de antecâmara acústica e térmica, sempre ladeando um terraço interno ventilado naturalmente, que funciona como um anteparo aos ambientes refrigerados. Estes, por sua vez, têm suas vedações com o corredor definidas a partir da quantidade de luz desejada, em vidro com controle solar e os espaços para espetáculos e exposições são contemplados com blackout. As demais fachadas são vedadas com pré-moldados leves ou alvenarias, diminuindo desta forma as cargas térmicas e acústicas vindas do exterior.

 

Fotografia Pedro Vannucchi

 

 


 

 

 

 

Buscar no Portal>>

 

 

©Jizcom / www.arqbrasil.com.br  - O espaço da arquitetura brasileira