Conflitos e novos desenhos possíveis com as participações de Raquel Rolnik, Guilherme Castagna e mediação de Marussia Whately

São Paulo e suas águas

Raquel Rolnik, Guilherme Castagna, Marussia Whately

O Pétala por Pétala acontece anualmente no Sesc Interlagos desde 2008, fruto da parceria entre o Sesc e diversos agentes locais. Ao longo dos anos a Mostra foi fortalecendo seu caráter educativo, com o objetivo de valorizar e difundir saberes, práticas e experiências de iniciativas socioambientais inspiradoras.

A cada edição, o evento apresenta um recorte temático que direciona a escolha dos expositores, bem como de sua programação socioeducativa e sociocultural. Neste ano, o evento será norteado pelo tema “O rio passa dentro de nós” – trazendo uma abordagem sobre os modos como vemos e convivemos com a água e os significados atribuídos a ela nos diferentes contextos. Para isso, o evento oferece uma grade de programações composta por vivências, oficinas, rodas de conversa, instalações, intervenções e apresentações artísticas, práticas corporais e alimentação propondo reflexões desde os modos de vida intimamente ligados à presença de rios, córregos e mares, de caiçaras, ribeirinhos, beradeiros, até os desafios dos cenários urbanos, num ambiente de rios poluídos, soterrados, invisíveis, em que surgem iniciativas para a recuperação e regeneração das águas e de reaproximação com elas.

No dia 14 de novembro, a abertura da Mostra de Práticas Socioambientais apresenta o debate: São Paulo e suas águas: conflitos e novos desenhos possíveis . Com as participações de Raquel Rolnik (FAU USP), Guilherme Castagna (Fluxus Design Ecológico) e mediação de Marussia Whately (Aliança pela Água). Os convidados apresentarão um panorama dos conflitos em torno da água nas grandes cidades e apresentarão possibilidades de caminhos para a construção de novos desenhos urbanos. Para participar basta fazer inscrição no portal sescsp.org.br/interlagos, as vagas são limitadas.

Ao longo dos quatro dias, a Mostra oferece uma grade de programação totalmente gratuita, com o intuito de proporcionar ao público e às iniciativas participantes um espaço de encontro, troca, reflexão, inspiração e de fomento às ações socioambientais capazes de intervir na realidade local e auxiliar no encontro de soluções para as problemáticas socioambientais de nosso contexto.

A Mostra de Práticas Socioambientais – Pétala por Pétala acontece de 14 a 17 de novembro 2019, no Sesc Interlagos. A participação é livre e gratuita para todos os públicos. A programação completa está disponível em PROGRAMAÇÃO.

O rio passa dentro de nós – Um dos objetivos desta edição é apresentar, a partir de uma perspectiva ecossistêmica, as relações de continuidade entre as águas que correm fora e dentro de nós, e contribuir para restabelecer um sentido de afeto e cuidado com este elemento absolutamente vital. A mesma água que corre pela nossa torneira, quando a utilizamos para o banho, para cozinhar nosso alimento ou para saciar nossa sede, é a mesma água que corre nos corpos dos rios em direção ao mar.

Com a última crise hídrica do Estado de São Paulo evidenciada a partir de 2014 e que se estende até os dias atuais, ampliou-se a discussão em torno do uso e desperdício da água, das formas de recuperação e proteção dos corpos hídricos e de tecnologias e manejos sustentáveis.

O geógrafo Luiz de Campos Jr., um dos idealizadores da iniciativa Rios e Ruas, têm atuado com o objetivo de trazer de volta os rios soterrados e submersos, “na cidade de São Paulo, não importa o local, ninguém está a mais de 300 metros de distância de um curso d’água”. São mais de 200 rios e córregos que juntos somam cerca de 3000 km de extensão. Grande parte destes rios e córregos encontra-se canalizados, retificados, aterrados. Quase a totalidade encontra-se contaminado. A cidade foi construída na contramão de suas águas. Rio Bonito, Cocaia, Anhangabaú, Pacaembú, Aricanduva. São todos bairros e avenidas que preservam em seu nome a identidade dos rios que não vemos mais.

No dia 16 de novembro, das 13h às 16h, a iniciativa Rios e Ruas realiza a vivência Rios e Ruas Entrelagos – convidando o público presente no Pétala por Pétala 2019, a conhecer a hidrografia da região da Zona Sul a partir de imagens aéreas e mapa quebra-cabeça.

Raquel Rolnik, urbanista e arquiteta, é professora titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi diretora de planejamento da Secretaria Municipal de Planejamento de São Paulo (1989-92), secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-07) e consultora de cidades brasileiras e latinoamericanas. De 2008 a 2014 foi relatora especial da ONU para o Direito à Moradia Adequada. Atuou como colunista de urbanismo da Rádio CBN-SP, Band News FM e Rádio Nacional, e do jornal Folha de S.Paulo, mantendo hoje coluna na Radio USP e em sua página raquelrolnik. É autora, entre outros, de A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo (Studio Nobel, 1997), Guerra dos lugares: A colonização da terra e da moradia na era das finanças (Boitempo, 2016) e Territórios em Conflito – São Paulo: espaço, história e política.

Guilherme Castagna é sócio-fundador da Fluxus Design Ecológico, desde 2006 integra sua formação acadêmica como engenheiro civil (E.E. Mauá, 1998) à visão sistêmica da permacultura na elaboração de projetos de sistemas inovadores de manejo integrado de água, de projetos especiais de pequeno porte a consultorias para indústrias e pequenos municípios. Mestre em Gerenciamento de Projetos pela Universidade de Nova Gales do Sul (UNSW), e pós-graduado em Comércio pela Universidade de Sydney, ambas na Austrália, foi premiado no Brasil pelo projeto de Manejo de Águas Pluviais do Estádio Nacional de Brasília (Von Martius 2013, e Saint Gobain Habitat Sustentável 2014), e vencedor do prêmio austríaco Zumtobel 2010 na categoria Ambiente Construído (Built Environment) pelo projeto de manejo integrado de água do edifício Harmonia 57. É palestrante (TEDx 2.0, Expo GBC, Verge, Concrete Show, e outros) e ativista, membro do coletivo PermaSampa, co-fundador da ONG Humanaterra, co-idealizador do Movimento Cisterna Já, e facilitador de cursos para técnicos e leigos, voltados ao empoderamento das pessoas no cuidado com a Água. Vive no Sítio Boas Novas, em Pedra Bela/SP, onde aprofunda suas pesquisas com a aplicação prática de soluções não-convencionais.

Marussia Whately, arquiteta e urbanista, especialista em recursos hídricos e saneamento. Coordenou o Programa Mananciais do Instituto Socioambiental, entre 2003 e 2009, onde liderou a campanha “De Olho nos Mananciais”. Integrou equipe do Instituto Democracia e Sustentabilidade e coordenou a campanha “Floresta Faz a Diferença” (em 2011). Morou em Belém, onde apoiou a estruturação do Programa Municípios Verdes em 100 municípios do Pará, como consultora do IMAZON e da CLUA – Climate And Land Use Alliance. É idealizadora da Aliança pela Água, rede com mais de 80 organizações da sociedade criada em 2014 para enfrentamento da crise hídrica de São Paulo. Em 2017, recebeu prêmio Abraps/Virada Sustentável por sua atuação em relação ao “ODS 6 – água limpa e saneamento”. É autora de diversos livros e publicações, entre eles o “Século da Escassez. Uma nova cultura de cuidado com a água: impasses e desafios”. Atualmente está liderando a construção de uma nova organização, o Instituto Água e Saneamento, que atuará com disseminação de conhecimento sobre o tema; fortalecimento do protagonismo municipal para construção de segurança hídrica; inovação para acelerar acesso a saneamento, em especial para comunidades urbanas vulneráveis e comunidades rurais.

Serviços
Mostra de Práticas Socioambientais – Pétala por Pétala
Data: 14 a 17 de novembro
Dias: quinta, sexta, sábado e domingo
Horário: 9h às 17h.
Local: Viveiro de Plantas do Sesc Interlagos

Contato:
Sesc Interlagos
(11) 5662-9500
https://www.sescsp.org.br/unidades/4_INTERLAGOS/